Consultoria Financeira Grátis
Início Tutoriais Como Fazer a Contabilidade para Micro Empreendedores?

Como Fazer a Contabilidade para Micro Empreendedores?

A contabilidade para micro empreendedores embora não seja obrigatória por conta do faturamento anual, é importante para evitar tributação e multas desnecessárias. 

Como funciona a contabilidade para micro empreendedores?

Sabemos que as microempresas são as que ajudam a movimentar a economia do Brasil, no entanto, não realizar sua contabilidade mesmo que para alguns casos, não seja obrigado, pode falir seu estabelecimento. 

Muitos pequenos empresários estão aproveitando a contabilidade gerencial para cuidar dos custos de suas empresas. O MEI por exemplo, pode optar por realizar esses serviços via internet ou contratar o serviço de um contador mediante o pagamento de uma taxa mínima. 

Veja a seguir, quais os benefícios que os empresários podem ter quando deixam sua contabilidade em dia:

  • Realiza tomada de decisões com mais segurança; 
  • Tem uma melhor previsão financeira;
  • Otimiza as funções de gestão;
  • O planejamento é mais eficiente;
  • Há um maior controle dos custos, evitando o desperdício.  

Atualmente, encontramos boas ferramentas para fluxo de caixa e capital de giro para empresas, disponibilizadas pelos próprios contadores a um custo acessível. 

Um sistema de gestão financeira é importante para o pequeno empreendedor, pois ele ajuda a entender como funciona a projeção do fluxo de caixa. 

Outro item essencial a ser abordado é o Capital de Giro, trata-se da quantidade de dinheiro necessária para a empresa funcionar sem ter prejuízo. 

Qual a importância do contador?

Se o pequeno empresário não entende nada de contabilidade, mesmo com os softwares disponíveis na internet, o contador deve ajudá-lo a colocar as finanças em dia. 

Quando uma contabilidade é bem realizada, os administradores de uma empresa conseguem obter informações sobre seu patrimônio e investimentos. 

Essas informações são úteis e ajudam na tomada de decisão em momentos de dificuldades financeiras.

Contabilidade do Simples Nacional 

Para ser Simples Nacional, uma empresa não pode ter um faturamento superior a R$ 4,8 milhões por ano, esta regra está em conformidade com a Lei n° 123 de 2006. 

O contador deverá exigir o recolhimento do DAS, com alíquota de 4%, se comparada com outros tipos de modalidades de empresas, a economia com recolhimentos de impostos chega a 70% ao ano. 

É necessário que o contador fique de olho no faturamento, pois se passar do valor mencionado, o cliente terá que abrir outra modalidade de empresa e cancelar o MEI. 

Fique de olho nas regras 

Se você é microempresa, entre em contato com o Sebrae e peça maiores informações. A cada ano, sempre há alguma mudança na legislação. 

Quer aprender mais sobre contabilidade para micro empreendedores? 

Se você trabalha por conta própria e quer se formalizar, acesse nossos guias e aprenda mais sobre nossa legislação para empreendedores. Lembre-se, para aqueles que não têm muito conhecimento sobre contabilidade, o correto a se fazer é pedir auxílio de um contador. 

Existem vários tipos de impostos, para todas as modalidades de empresas, por isso, fique atento na hora de fazer o lançamento de suas despesas e receitas, principalmente se sua empresa não tiver cadastrada como MEI.

Consulte um contador sempre que precisar, um erro pode fazer o empresário pagar multa sem necessidade. 

Temas

Dê sua sugestão

    Qual seu principal interesse?


    Mais Lidos

    Relacionados